quarta-feira, 5 de maio de 2010

A importancia do empreendedorismo

A importância do empreendedor no mundo dos negócios

O empreendedorismo é uma área muito procurada pelo mercado de trabalho, pessoas com esse talento são muito difíceis de encontrar.
O empreendedor pode ter sua própria empresa, seu próprio negocia, ou mesmo trabalhar dentro de uma empresa, mas o foco é o mesmo, esse é chamado de intra-empreendedor, pois podem trazer novas idéias, novos conceitos para sua empresa. O empreendedorismo surgiu há muito tempo atrás por alguns economistas e administradores. Mas não confunda o empreendedor com um administrado ou um economista eles trabalha juntos cada um na sua área, mas não significa que um administrador ou economista não se torne um empreendedor.
O empreendedor procura inovar até mesmo produtos e idéias que já existem no mercado, a fim de ir ao encontro das necessidades dos consumidores e empresas. Buscamos sempre novos produtos, variedades, preços mais baixos, cada vez mais acesso á tecnologia, enfim estamos em uma constante busca de qualidade de vida. Isso tudo que temos hoje, todo acesso e o poder de escolha de uma marca para outra, um produto ou outro, se vamos aquele mercado ou padaria, devemos á quem teve uma idéia inovadora, á quem soube catalisar todo seu talento, sua força de vontade, não teve medos, ou até teve medo, mas, se arriscou!
A maioria das empresas tem um intra-empreendedor ou esta a procura de um, o mercado neste setor é seletivo, pois não existe um diploma dizendo formado em empreendedorismo, podem existir alguns cursinhos que te ajuda a entender mais sobre o assunto, mas um empreendedor de verdade tem esse espírito no sangue, tem sede de conhecimento a ousadia de resolver problemas da empresa da maneira mais inusitada tem capacidade de fazer uma micro-empresa se tornar um macro- empresa.
Para ter sucesso dentro da empresa como um intra-empreendedor é preciso conhecer bem a organização, o sistema que se trabalha dentro da mesma o tipo de organograma, e acima de Conte com o superior hierárquico que esteja mais aberto a ouvir propostas e apoiar projetos.
Um vincula uma parceria para que se possam tomar decisões em conjunto para que consiga por em pratica suas idéias criativas e inovadoras. E assim progredir junto da empresa.
Acreditamos que o empreendedor é fundamental para a economia mundial. Hoje a concorrência é grande e é preciso, nelas encontramos muitas oportunidades de desenvolvimento, e de analisar o trabalho da organização através de pesquisas e outros, que não somente surjam novas empresas, mas, que essas empresas sobrevivam, desenvolvam, tenham o diferencial, tenham um empreendedor de talento, O intra-empreendedor não deve fazer somente o que lhe foi pedido e sim ter iniciativas, fazer o ''algo á mais''. É preciso surpreender, ter coragem e ousadia, por em risco ate mesmo o seu emprego, para atingir seu objetivo, seu ideal. O empreendedor que trabalha em uma empresa deve ficar sempre atualizado, procurar se renovar, estudar, aprender línguas, somar conhecimentos e souber aplicá-los. Para ajudar quem não sabe como desenvolver essas idéias e bem mais para quem tem idéias, mas, não sabe como aplicá-las em seu próprio negócio, existe o SEBRAE que através decursos online, palestras, feiras e diversos programas, estimulam o empreendedorismo e o desenvolvimento do Brasil.

Não nascemos empreendedores, mas isso pode ser desenvolvido com o tempo, com a vivência familiar, apoio dos professores, e claro sem esquecer muito estudo e pesquisas para se aperfeiçoar, é preciso abrir a alma, os sonhos mais loucos. E coloca-os em pratica, mas sempre com responsabilidade e inteligência. É como ir para algum lugar sem saber se vai voltar. È um jogo de sorte e, de muita luta em busca daquilo que todo ser humano busca um objetivo, um sonho a se realizar.
Não basta só querer, é preciso ir de encontro ao seu objetivo com batalhas obstáculos se arriscando, mas sempre com, raça garra, determinação e vontade de vencer. Isso é ser um bom Empreendedor
Afinal muitos tentarão, mas poucos vão conseguir subir ao topo.
O que é empreendedorismo?
Atualmente esta crescendo a quantidade de empreendedores no mundo.
Temos como exemplo os 4ps (paixão, perseverança, paciência e prática) no comportamento dos empreendedores de sucesso.
O empreendedorismo, que é igual a espírito empreendedor + liberdade de ação + oportunidade.
Falar de empreendedorismo é falar do ser humano e, por conseguinte da capacidade nata que ele tem de se moldar, suplantar e transcender aos limites impostos á ele, é encontrar uma saída, para os momentos de crise.
Em vez de criar um programa 1º emprego, por que não valorizar o empreendedorismo que já existe!
Ser ou não ser um Empreendedor?Eis a Questão.
Ser empreendedor significa produzir novas idéias criativas e imaginação. O empreendedor em geral acredita em uma auto-avaliação e auto-critica, essas são as características de um empreendedor que busca o auto desenvolvimento.
E para se tornar um empreendedor de sucesso é preciso ter determinação, habilidade de organização e saber liderar.
Na verdade ninguém nasce empreendedor, mas o contato com a família, sociedade e trabalho vai favorecendo o desenvolvimento, o talento e as características. O empreendedor é uma pessoa sociável sendo assim obtêm frutos das relações constantes entre o talento e característica individual no mundo em que vive.
Enfim um bom empreendedor é aquele que é bem sucedido, tem personalidade e talento que preenche um padrão determinado e que atinge seus objetivos e busca aprimorar-se.
Empreendedorismo além do próprio negócio
O empreendedor é um profissional de uma visão ampla que gota de se arriscar e não descansa para alcançar seus objetivos.
Um grande empreendedor não precisa necessariamente ter o seu próprio negócio, ele pode ser um intra-empreendedor, como é chamado o profissional que trabalha em empresas, que sabem inovar e tem uma visão futura. A diferença entre os dois é que enquanto um arrisca o seu capital, o outro arrisca o seu emprego. Esse profissional trabalha em parceria com a empresa, tentando alcançar objetivos e o sucesso para os negócios.
Existem casos de muito sucesso de empreendedores que canalizaram seus conhecimentos em empreses já existentes e tiveram ótimos resultados como Jack Welch da General Eletric. Suas atitudes mudaram o valor da companhia no mercado que era de 14 bilhões foi para 410 bilhões de dólares. Isso mostra a grande capacidade de um intra-empreendedor.
Para que um intra-empreendedor consiga executar suas idéias em uma empresa é preciso alguns mandamentos que devem ser levados em conta:
Não ter medo da demissão;
Seguir sua intuição;
Não se limitar a fazer apenas o que seu chefe pede;
Ser leal ás metas, mas sempre realista.
Empreendedorismo estratégico
O empreendedorismo estratégico significa realizar ações empreendedoras utilizando uma perspectiva estratégica. A empresa se concentra simultaneamente em encontrar oportunidades em seu ambiente externo para que ela possa tentar explorar por meio de inovações.
A sobrevivência e sucesso das empresas dependem cada vez mais da capacidade de encontrar novas oportunidades e produzir inovações rapidamente para ir de encontro às necessidades do mercado.
Internamente, as empresas inovam por meio de comportamento estratégico autônomo ou induzido. Além de inovar por meio de atividades internas, podem-se desenvolver inovações utilizando estratégias de cooperação, tais como alianças estratégicas e adquirindo outras empresas para obter acesso ás suas inovações e capacidades inovadoras.
O método que a empresa escolhe para inovar pode ser afetado por seus mecanismos de governança. Como percebemos, a inovação e o empreendedorismo são cruciais para empresas novas e experientes, grandes e pequenas, para empresas de prestação de serviços e para empresas de produção e empreendimentos de alta tecnologia. No cenário competitivo global, o sucesso em longo prazo de empreendimentos e empresas estabelecidas é uma conseqüência da capacidade de combinar empreendedorismo e administração estratégica.
Empreendedorismo e oportunidades empreendedoras
Oportunidades empreendedoras são condições nos quais novos produtos ou serviços conseguem atender a uma necessidade do mercado. Ha inúmeras formas de oportunidades empreendedoras como: desenvolver e vender um novo produto e de vender um produto existente em um novo mercado.
A essência do empreendedorismo é identificar e explorar as oportunidades empreendedoras, que os outros não vêem ou não reconhecem o potencial comercial.
O empreendedorismo é o motor econômico que impulsiona a economia de diversas nações no cenário global competitivo.
Inovação
A inovação é o processo de criação de um produto a partir de uma invenção. '' É o meio pelo qual o empreendedor cria novos recursos de produção de riquezas ou fornece recursos existentes com potencial melhorado para produzir riquezas'' segundo Drucker.
A inovação é o principal resultado que as empresas buscam por meio do empreendedorismo e é geralmente a fonte de sucesso de uma empresa no mercado. As empresas que investem mais em inovação também alcançam melhores resultados.
Imitação é a adoção de uma invenção por empresas similares.
Empreendedorismo no Brasil
Os empreendedores no Brasil ganham força a partir dos anos 90 com a abertura das importações. Algumas empresas a tiveram que demitir, porem esses funcionários abriu seus negócios. Antes dos anos 90 era muito difícil abrir uma empresa do Brasil por causa da estabilidade econômica e política, e os empreendedores existentes trabalhavam dentro das empresas com marketing, e outras.
O Portal da educação (2009) publicou que em cada 100 empresas brasileiras 95 são micro ou pequenas empresas sua presente força de trabalho ou 40 milhões de trabalhadores, mas a grande parte delas é informal e não oferecem garantia para seus funcionários.
Segundo estudos o Brasil é 7 colocado mundial em empreendedorismo. A força de ascensão inicial é de 11% destas 6% são oportunidades e 5% são necessidades, em números 15 milhões de novos negócios. Somados são 5 milhões de micro e pequenas empresas formais. E são correspondentes por 20% dom (PIB) 6%da força de trabalho isto é 16 milhões de empregos privados.
Os empreendedores rurais representam 28% da riqueza nacional, com maior expoente de produção e empregos. O empreendedorismo no Brasil ainda esta em desenvolvimento e tendência é aumentar.
Um País de empreendedores
O Brasil é um pais de empreendedores de acordo com a pesquisa realizada em 21 países constatou que o Brasil a cada 8 pessoas um esta pensando em abrir um negócio próprio apesar do grande índice de iniciativa falta conhecimento isto consta em outra pesquisa a que 56% das empresas abrem falência a partir no 3°an
A Educação Empreendedora
Não tem uma receita infalível para um empreendedor, porém precisa ter talento conhecimento metas saber aonde quer achegar, ter conhecimento sobre o negocio habilidade para montar desenvolver.
Atitude de quem sabe aonde quer chegar e se preocupar em fazer bem feito é preciso também saber como e porque as coisas acontecem.
Uma nova ordem mundial
A partir das últimas duas décadas o numero de micro e pequenas empresas aumentaram devido à diminuição de custos das grandes empresas diminuindo o seu numero de empregos, com a abertura do comercio da década de 90 trouxe oportunidades para os empreendedores aumentarem competitividade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário